Pages Navigation Menu

Vida outdoor, Ornitologia, Literatura Selvagem

Como os peixes conquistaram a terra firme?

Peixes conquistam a terra firme: nova abordagem para um evento acidental único. Mauro Luís Triques e Martim Lindsey Christoffersen. Editora Baraúna.

 

Como os animais vertebrados conquistaram o ambiente terrestre? Essa é uma das perguntas mais intrigantes da biologia. A característica definidora de um animal vertebrado é a coluna vertebral. Cães, gatos, tubarões, pássaros, sapos, cobras e lagartos, são todos animais vertebrados; mais especificamente, os mamíferos, as aves, os anfíbios, os lagartos e todos os peixes. Todos esses animais possuem um ancestral comum que viveu há mais de 440 milhões de anos nas águas do Siluriano. Como essa linhagem de animais aquáticos deu origem aos vertebrados terrestres que vemos hoje é o assunto do livro ‘Peixes conquistam a terra firme’, dos zoólogos Mauro Triques da Universidade Federal de Minas Gerais e Martin Christoffersen da Universidade Federal da Paraíba.

O subtítulo é bastante ousado: ‘nova abordagem para um evento acidental único’. Isso significa que os autores propõem uma nova hipótese para explicar a transformação de vertebrados aquáticos em terrestres.

O livro é dividido em oito capítulos, sendo que o capítulo 1 é uma explicação sobre a técnica utilizada pela zoologia moderna para decifrar eventos evolutivos, conhecida por ‘Sistemática Filogenética’. Para quem não tem afinidade com a questão trata-se de um capítulo fundamental para entender os demais. O segundo capítulo coloca o leitor a par das hipóteses mais aceitas pela comunidade acadêmica. Os autores explicam o que é o adaptacionismo e os cenários evolutivos em que as mudanças desses animais se deram ao longo do tempo geológico. Os autores mostram que a hipótese é baseada primariamente em eventos de seleção natural e adaptação aos novos ambientes que surgiram ao longo da história do planeta.

O capítulo 3 talvez seja o mais importante e complexo. Os autores definem os termos ‘adaptacionismo’, ‘microevolução’, ‘macroevolução’ e ‘exaptação’. São todos conceitos da biologia evolutiva, às vezes excludentes entre eles. O capítulo 4 coloca definitivamente uma nova hipótese, ou uma nova visão para a origem dos vertebrados terrestres. Os argumentos são fortemente baseados no conceito de exaptação desenvolvido pelo paleontólogo Stephen Jay Gould. Qualquer característica ou estrutura corporal que atualmente aumenta a aptidão de um organismo em seu meio, mas que não surgiu por seleção natural para aquela função é chamada de exaptação. Os demais capítulos abordam os detalhes da série de exaptações encontradas ao longo da linhagem e da história evolutiva dos vertebrados. Usando métodos específicos da Sistemática Filogenética os autores demonstram que o fenômeno da exaptação explica muito mais a conquista do ambiente terrestre do que processos microevolutivos de seleção natural (adaptacionistas).

Trata-se de um livro com uma linguagem técnica que discute conceitos extremamente complexos e não intuitivos. Os leitores também precisam se acostumar com termos zoológicos pouco conhecidos e conhecer um pouco da anatomia do esqueleto desses animais.

Eu diria que é um livro obrigatório para aqueles que têm interesse em evolução e zoologia. Como se trata de uma hipótese alternativa à corrente, será muito útil também a professores de evolução e zoologia, mas acredito que com um pouco de atenção, uma pessoa leiga com interesse no assunto possa acompanhar os argumentos dos autores.

 

Peixes conquistam a terra firme: nova abordagem para um evento acidental único. Mauro Luís Triques e Martim Lindsey Christoffersen. Editora Baraúna, disponível em:

 

http://www.editorabarauna.com.br/peixes-conquistam-a-terra-firme-nova-abordagem-para-um-evento-acidental-unico.html

 

https://www.researchgate.net/publication/318282112_Peixes_Conquistam_a_Terra_Firme_Nova_Abordagem_para_um_Evento_Acidental_Unico

 

https://www.amazon.com.br/Peixes-conquistam-terra-firme-abordagem/dp/8543707641

 

https://books.google.com.br/books/about/Peixes_conquistam_a_terra_firme_Nova_Abo.html?id=pyAsDwAAQBAJ&redir_esc=y

 

https://issuu.com/editorabarauna/docs/peixes_conquistam_14x21_15

Um Comentário

  1. Marcos, a evolução é resultado de um conglomerado surpreendente de processos biológicos! Há muitos processos adicionais além daqueles divulgados, muito diferentes, na verdade.

    Pela dificuldade de absorvermos a diferença, evitamos falar a respeito. O mesmo acontece com os processos evolutivos adicionais.

    Estes processos não são necessariamente alternativos, mas efetivamente adicionais: complementam a variabilidade genética e sua seleção natural, e mesmo a deriva genética.

    Causam macroevolução.

    Espero que os leitores se divirtam, lendo o livro e enxergando o que não esperariam ver.

    Muitíssimo obrigado pela oportunidade de divulgar estas novas ideias e meus parabéns por mais este texto belamente redigido.

    Grande abraço

    Mauro

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *