Pages Navigation Menu

Vida outdoor, Ornitologia, Literatura Selvagem

Especialização extrema

TEXTO DE MARCO AURÉLIO PIZO

Especialização extrema

Imagine-se vivendo em uma grande cidade onde há uma variada oferta de restaurantes e, apesar disso, você faz todas suas refeições, todos os dias e por toda sua vida, em uma única rede de restaurantes. Pode ser que haja alguém com esta estranha disciplina ou tamanha exigência, mas é no mínimo espantoso. Assim também o é com algumas aves que se especializaram em procurar comida em locais muito específicos do seu habitat. Em uma floresta, os restaurantes de muitas aves insetívoras1 são as árvores. E há uma variedade delas em uma floresta tropical. Cada uma com sua arquitetura própria e oferecendo alimentos variados. Apesar disso, o grimpeiro (Leptasthenura setaria) obtém todo seu alimento das araucárias (Araucaria angustifolia). Ali passa toda sua vida, procurando entre as grimpas (ramos com as folhas miúdas da araucária) insetos, aranhas e outras guloseimas. Ignora todas as outras plantas da floresta como fonte de alimento, de maneira que o garimpeiro só pode viver onde há araucárias. Não é espantoso?

 

1 Insetívoras são as aves que se alimentam predominantemente de invertebrados, especialmente artrópodes (insetos, aranhas, etc).

O grimpeiro em uma grimpa (foto: Adrian Eisen Rupp)

O grimpeiro em uma grimpa (foto: Adrian Eisen Rupp)

 

3 Comentários

  1. Bom saber que tenho alguma coisa com esse pássaro.!!!!!,

  2. Muito bem escrito, parabéns!

  3. Gostei muito do texto e da divulgação de uma espécie tão interessante. Abraço

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *